sábado, 30 de maio de 2015

TORTURAS - VEJA 5 TIPOS DE TORTURAS MAIS CRUÉIS!



Métodos dolorosos de execução por crimes cometidos faziam parte da justiça, durante a maior parte da Historia , e muitas vezes deliberadamente dolorosa.Esfolamento,crucificação,empalação,apedrejamento,morte na fogueira,desmembramento,são alguns exemplo de torturas.Outro exemplo de tortura usada na Grécia Arcaica é o touro de bronze,um aparelho de bronze oca na forma de um touro mugindo,com duas aberturas, no dorso e na parte frontal localizada na boca.No interior havia um canal desenvolvido semelhante à válvula móvel de um trompete, que ligava a boca ao interior do Touro.Após colocada a vítima, a entrada do aparelho era fechada e posta sobre uma fogueira.À medida que a temperatura aumentava no interior do Touro, o ar ficava escasso, e o executado procuraria meios para respirar, recorrendo ao orifício na extremidade do canal. Os gritos exaustivos do executado saiam pela boca do Touro dando a impressão que a estatua estava viva.

Fonte de pesquisa:Wikipédia,Biblioteca Hístorica.

Veja 5 tipos de torturas.


1 – O Berço de Judas.



É um instrumento de tortura que consiste num assento em forma de pirâmide,utilizado pela inquisição espanhola.A vítima era colocada sobre o assento com a ponta da pirâmide inserida no seu ânus , vagina ou escroto e então lentamente baixada por cordas ou correntes.

2 – Empalamento ou empalação.



Método de tortura ou execução que consistia na inserção de uma estaca pelo ânus , vagina ou umbigo até a morte do torturado.

3 – Cadeira Inquisitória



Uma cadeira coberta por pregos no qual a vítima era obrigada a sentar-se despida e pressionada pelo próprio peso do corpo e cintos de couro, na parte de traz a cadeira possuía uma bandeja onde se colocava brasas onde também a vitima sofria com queimaduras.

4 – Desmembramento



Os membros são arrancados do corpo,pernas e braços,cada parte é amarrada a um cavalo.Também conhecida como arrancamento.

5 – Crucificação




Muito utilizado na antiguidade,consistia em torturar o condenado e obriga-lo a levar até o local do suplicio a sua cruz.De braços abertos, o condenado era pregado pelos pulsos e pés e morria depois de horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário